Fisioterapia Veterinária

fisioterapia animal 6A Fisioterapia Veterinária tem o objetivo de restaurar, manter e promover a melhora da função e aptidão física quando estes estão relacionados a distúrbios locomotores e de saúde.

Nos animais a Fisioterapia é utilizada como recurso de reabilitação pós-cirúrgica, programa de monitoramento da dor, lesões articulares, monitoramento de perda de peso, problemas de performances em animais atletas, fortalecimento de grupos musculares específicos e auxilia no controle de condições crônicas ou progressivas, além de prevenir ou reduzir o aparecimento e a progressão de sinais clínicos decorrentes de alguma doença, distúrbio, condições ou lesões.

Principais Indicações:

  • Doença do disco intervertebral
  • Displasia coxofemoral
  • Osteoartrose
  • Analgesia e manejo da dor
  • Discoespondilose
  • Lesões musculares
  • Lesões tendíneas
  • Displasia de cotovelo
  • Neuropatias periféricas e centrais
  • Atrofia muscular
  • Pré / pós operatório
  • Cicatrização lenta
  • Condicionamento físico

Massoterapia

Massoterapia

Estimula a circulação local, reduz a contração muscular, controla a ansiedade e o estresse, além de promover o relaxamento e a redução da dor.

Exercícios Terapêuticos

Exercicios-Terapeuticos

Variedades de movimentos passivos e/ou ativos para melhorar ou manter a flexibilidade das articulações e exercícios para reeducar o animal a caminhar.

Ultra Som

Ultra-Som

Promove aumento do fluxo sanguíneo, analgesia, resolução de processo inflamatório, diminuição do espasmo muscular e reduz a rigidez articular.

Laser

Laser

A energia liberada pelo aparelho é absorvida pelos tecidos criando uma série de efeitos biológicos, auxiliando no tratamento de afecções osteo-articulares, lesão de nervo periférico, tratamento de áreas com inflamação ou edema, alívio da dor e cicatrização de feridas.

Estimulação Elétrica

Estimulacao-Eletrica

Consiste na aplicação de corrente elétrica de baixo nível, resultando em contração muscular que simula o trabalho muscular voluntário, prevenindo assim a atrofia muscular pós-trauma, pós-cirúrgica ou para trabalhar grupos musculares cronicamente inutilizados.

A eletroterapia também pode ser utilizada para promover analgesia, relaxamento do espasmo muscular, redução de edema, melhora da mobilidade articular e aumento da circulação.

Magnetoterapia

MAGNETOTERAPIA

A magnetoterapia é o tratamento de patologias e lesões por meio da aplicação de campos magnéticos. Estes campos magnéticos atuam como um regenerador celular que devolve ao corpo o equilíbrio. Restitui o sistema biológico alterado como consequência de traumatismos, infecções e outras patologias, aliviando a dor e acelerando os tempos de cura e recuperação.